Vinho branco Caiado

Passeie pelo sabor genuíno do Caiado e perca-se nas ruas da imaginação de uma região inteira onde se caiam de branco as casas;


Uns dizem que é para fazer sombra ao dia, outros que é para alumiar a noite. Todos, no fundo, sabem que caiar é modo alentejano de arrefecer o coração e aquecer a alma, com um bom vinho, Caiado.

 

  • CASTAS
    • Arinto, Roupeiro, Antão Vaz

 

  •  PROVA
    • Cor citrina, aroma com enorme jovialidade e pleno de fruta onde se destacam as peras, os citrinos e algumas notas florais. No paladar é fresco equilibrado, com longa persistência.